Quarta-Feira, 18 de Julho de 2018

Turismo
Sábado, 20 de Janeiro de 2018, 08h:34

AEROPORTO MARECHAL RONDON

Início de voos internacionais depende apenas da anuência da Polícia Federal

Redação

Reprodução/Aviação Civil

Representantes do Governo do Estado, da Câmara Federal e da Infraero visitaram nesta quinta-feira (18.01) a área de embarque e desembarque internacional do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. Na ocasião, o superintendente da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), Luciano Porfírio Segura, comunicou que a Receita Federal deu, esta semana, a autorização para que o aeroporto possa operar voos internacionais, especialmente o voo entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Agora, falta apenas a anuência da Polícia Federal para que o Marechal Rondon passe a ter voos internacionais.

Junto com a Receita, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) também já deram permissão para os voos internacionais.

Toda a infraestrutura da área de embarque e desembarque internacional do Marechal Rondon está pronta desde o primeiro semestre do ano passado.

A Receita Federal comunicou que terá capacidade para atender a 200 pessoas por hora, o que foi considerado pelo Governo e a Infraero uma excelente notícia, já que com este número, inúmeros outros voos internacionais poderão operar no Marechal Rondon e não somente o voo da Azul para a Bolívia.

Cuiabá – Santa Cruz de La Sierra

A empresa Linhas Aéreas Azul aguarda apenas a liberação do Marechal Rondon e do Governo da Bolívia para iniciar o voo direto entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra.

Este voo está sendo aguardado com ansiedade pelo setor turístico do Estado, pois poderá trazer muitos visitantes da Europa e dos Estados Unidos, porque em Santa Cruz de La Sierra existem voos diretos e diários para estes destinos.

A ligação com Santa Cruz também servirá para encurtar a distância de muitos destinos internacionais, evitando que estes trajetos sejam feitos via São Paulo ou Rio de Janeiro.

O voo entre Cuiabá e Santa Cruz será feito, inicialmente, três vezes por semana, com um avião Embraer que tem capacidade para 106 pessoas. 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO