Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019

Política
Sábado, 10 de Agosto de 2019, 09h:42

ITAIPU BINACIONAL

Patrocínio oculto de Itaipu financiou passagens aéreas de membros do judiciário para Portugal

Redação

Agência Brasil

A revista Crusoé publicou reportagem exclusiva entitulada 'Usina de Mordomias'. Nela, relata e apresenta documentos sobre o 'patrocínio' milionário da Itaipu binacional que custeou eventos jurídicos no exterior, passagens aéreas e estadia em hotéis de luxo para ministros do CNJ, STJ, STF e TRF. Desde 2013 a Itaipu desembolsou pelo menos 16 milhões de reais para custear passagens aéreas, estadia em hotéis de luxo e até pagar palestra de ministro do STF.

Suas excelências viajaram para Portugal diversas vezes acompanhados das esposas, alguns até com filhos, a pretexto de participarem de eventos jurídicos em Coimbra e Lisboa. Um dos eventos recorrentes é do IDP, instituto do ministro do STF Gilmar Mendes, realizado anualmente em Portugal.

Os eminentes ministros hospedavam-se em hotéis exclusivos, com tudo pago ocultamente pela Itaipu. O dinheiro, segundo a reportagem, chegava por meio de convênios com a FGV Projetos e Ipeja.

A JBS e a CNA, por exemplo, com interesses na constitucionalidade do Funrural, apareceram entre os patrocinadores ocultos do IDP. Coincidência ou não, em 2017, Gilmar Mendes votou pela constitucionalidade do Funrural, sendo voto vencedor num processo cujo resultado foi favorável aos interesses da JBS e da CNA.

Crusoé revela que o presidente Jair Bolsonaro acabou com a farra dos patrocínios ocultos mudando toda a diretoria da Itaipu. Vejamos quem patrocinará os eventos e viagens dos membros do judicário em 2020.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO