Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018

Política
Domingo, 24 de Dezembro de 2017, 07h:48

BASTIDORES

Kleber Lima deixa o Gcom e assume Cultura em Mato Grosso

Jô Navarro

Gcom/MT

O governador Pedro Taques anunciou na última sexta-feira (22.12) a exoneração, a pedido, do maestro Leandro Carvalho da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). 

Leandro foi selecionado para um programa de Chevening / Clore Leadership Programme no Reino Unido, com foco nas Indústrias Criativas - um dos mais importantes e competitivos programas de formação de lideranças do mundo, financiado pelo Foreign and Commonwealth Office (FCO) do Reino Unido e Clore Duffield Foundation. 

Para o lugar de Leandro Carvalho o governador convidou o jornalista Kleber Lima, atual secretário de Comunicação. Marcy Monteiro, atual adjunto do Gabinete de Comunicação (Gcom), assumirá a pasta. Segundo o Governo, as mudanças ocorrerão em janeiro.

Questionado no dia 8 de dezembro pelo Caldeirão News se deixaria apenas a secretaria de Comunicação ou o Governo, Lima respondeu que "a saída é a única certeza quando entramos". Ele admitiu que seu "prazo estava vencendo", mas que ainda tinha "uma missão a cumprir" no GCom.

Kleber Lima chegou a ser afastado do cargo no dia 28 de setembro pela juíza Célia Regina Vidotti, da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular, a pedido do promotor Mauro Zaque, após denúncia de servidores que o acusaram de assédio e improbidade administrativa. Em 9 de setembro a desembargadora da 2ª Câmara de Direito Público e Coletivo do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Antônia Siqueira Gonçalves Rodrigues, determinou o retorno imediato do jornalista ao GCom.

Desde que reassumiu o cargo no GCom Kleber Lima teve que se preocupar com a dívida da pasta com fornecedores e veículos de comunicação, ainda em aberto. Sua ida para a secretaria de Cultura é vista como temporária, podendo deixar o governo Taques a qualquer momento. Desde que assumiu a Comunicação o secretário se destacou por respostas duras aos críticos do governador, alvo de suspeitas na investigação da grampolândia pantaneira e na operação Rêmora. Após afastamento temporário, evitou responder aos adversários do governador por meio da imprensa. Fala-se em suposta rusga com Mauro Mendes, potencial candidato ao governo em 2018.

Kleber Lima fundou o site Hipernotícias, que afirma ter vendido depois de assumir a secretaria de Comunicação de Cuiabá na gestão de Mauro Mendes, para quem trabalhou durante a campanha eleitoral e, posteriormente, nomeado para o GCom em substituição ao jornalista Jean, que foi por sua vez transferido para o escritório de negócios de Mato Grosso em Brasília. 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO