Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018

Mato Grosso

Domingo, 29 de Abril de 2018, 07h:03

PLANO DE SAÚDE

Sindicatos apoiam reajuste inflacionário para o Mato Grosso Saúde

Redação

Divulgação

Na última sexta-feira (27.04) o Mato Grosso Saúde reuniu o Fórum Sindical na Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) para discutir o reajuste dos valores das mensalidades do plano. O atual presidente, Basílio Bezerra, defendeu a necessidade de haver incremento de receita para melhorias gradativas do instituto.

“Não estamos falando de aumento dos valores das mensalidades, e sim do reajuste inflacionário, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o mesmo índice que ajustou o RGA, para que o Instituto possa andar com suas próprias pernas. Só assim conseguiremos ter um equilíbrio financeiro do Plano. Com este novo valor arrecadado, o Plano basicamente pagaria as suas contas mensais e também, vislumbraríamos outras formas de melhorias”, frisou Basílio.

Para Edmundo César Leite, Presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Meio do Poder Executivo (Sinpaig/MT), é importante o servidor também entender este momento, informa o governo. "Vamos apoiar este reajuste e o servidor precisa estar ciente de que a medicina é cara e tem preços que aumentam sempre. Tivemos até o ajuste do RGA, então o valor do Plano precisa ser revisado com estes índices também, mesmo por que está há 3 anos sem reajustes, então isso é imprescindível."

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Público do Estado de Mato Grosso (SISMA/MT), Oscarlino Alves, o plano precisa de melhorias para os seus beneficiários. “Estamos dando este voto de confiança que o Mato Grosso Saúde precisa neste momento para que construam melhorias aos nossos servidores que hoje necessitam do Plano”.

Leia também:

Hospital Jardim Cuiabá suspende atendimento aos usuários do MT Saúde

Já o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Desenvolvimento Econômico e Social (Sindes/MT), Adolfo Grassi, frisa a importância do Mato Grosso Saúde buscar o equilíbrio econômico. “A tomada de decisão sobre o reajuste é necessária, pois temos que encontrar um caminho em meio ao problema."

Basílio defende ainda a importância do dialogo entre o Fórum Sindical e o Instituto. “É de extrema importância este tipo de encontro entre o Mato Grosso Saúde e os sindicatos acontecer, é muito proveitoso, pois eles são a ponte para os servidores do Estado. E estaremos sempre de portas abertas para recebe-los para somar conosco na construção de melhorias ao nosso Plano”, reforçou.

1 COMENTÁRIO:

DOENÇAS NÃO FAZ LICITAÇÃO,ELAS MATAM! Hoje novamente eu passei em frente ao hospital conhecido como santa casa de misericórdia ,e mas uma vez vi muitas pessoas dezendo que lá ainda não estava atendendo pelo sus por falta de dinheiro dos governos que promete e não cumpre ou faz tudo pela metade,só que na saúde não tem como esperar as doenças elas vem sem avisar,as doenças não faz licitação para se apossar de alguém,por isso não tem como esperar que vocês governantes fiquem dando chilique para ver de quem é a culpa do dinheiro não vir para os hospitais,a culpa é de quem não sabe trabalhar comandar seus secretários ,a culpa é de gente incompetente que só tá no governo por causa do salário ,a culpa é também nossa que não soubemos escolher em quem votar,mas o maior culpado e o governo omisso e que não cumpre o que prometeu e muito menos o que a constituição reza ,os direitos dos cidadão a muito tempo não esta sendo respeitado nos já desistimos de cobrar e ai tudo fica bem mas pior ,as pessoas estão desanimados com os políticos por que cada dia aparece um podre de um político ,e por isso não tem dinheiro para saúde e outros direitos que nos temos. Senhores governantes ainda bem que vocês não precisam dos hospital públicos pois ganham um ótimo salário que nos contribuintes pagamos para que vocês cuidarem da saúde e de outras coisas, mas parece que você se esqueceram disso e ficam empurrando com a barriga enquanto pessoas morrem nos prontos socorros e nas santas casas que fazem de tudo para tentar acudir as pessoas na medida dos seus possíveis porque os governos não fazem as suas partes QUE É REPASSAR O DINHEIRO PARA OS HOSPITAIS SEM DEMORA E INTEGRAL; SENHORES DOENÇAS NÃO FAZ LICITAÇÃO ELAS MATAM. fran duarte
enviado por: fran em 03/05/2018 às 00:22:19
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO