Sábado, 21 de Setembro de 2019

Mato Grosso

Sábado, 17 de Agosto de 2019, 18h:31

INCÊNDIOS

Incêndios não dão trégua em Mato Grosso

Da Redação

BMMT

Ao longo desta semana o calor e o tempo seco predominaram em Mato Grosso. Vários incêndios foram registrados, causando prejuízos na zona rural, destruindo plantações e reservas florestais.

Na manhã deste sábado (17) uma plantação de algodão foi atingida por um incêndio em Sapezal, a 473 km de Cuiabá. A cidade não tem Corpo de Bombeiros. Funcionários da prefeitura e das fazendas no entorno estão trabalhando para combater as chamas.

Também neste sábado um incêndio de grandes proporções atingiu uma vegetação na Rodovia dos Imigrantes, em Campos Novo do Parecis (391 km de Cuiabá). O Núcleo do Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e a Cooperativa Agrícola de Produtores de Cana de Campo Novo do Parecis (Coprodia) estão atuando para tentar controlar às chamas.

Na quinta-feira (15/08), por volta do meio dia, a Brigada Municipal Mista (BMM) de Nova Mutum foi acionada para combater um incêndio próximo à Estação de Coleta de Lixo do município.

O incêndio se alastrou por toda a reserva ambiental e chegou até às proximidades de duas empresas, um frigorífico de frango e uma estação de energia. Após a união da guarnição de serviço do Corpo de Bombeiros de Nova Mutum (5ª CIBM), empresas com maquinários e vários voluntários, além da ajuda da prefeitura, foi montada uma força tarefa. O combate durou aproximadamente 6h, encerrando após às 1h da madrugada desta sexta-feira sem dados materiais.

No dia 8 de agosto um incêndio florestal atingiu o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães (PNCG), nas proximidades do distrito de Água Fria, zona rural de Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá). Já foram queimados aproximadamente 3.800 hectares no interior da unidade de conservação (11% de sua área total). A área total atingida pelas chamas, dentro e fora do Parque Nacional, já chega a quase 10 mil hectares. Apesar do fogo ter sido controlado, os atrativos da Cidade de Pedras e Vale do Rio Claro continuam fechados à visitação, por segurança, pois o tempo seco favorece a ocorrência de novos focos.

Em Cuiabá os bombeiros não têm descanso. São vários chamados por dias, a maioria de ocorrências em terrenos baldios, onde o fogo acaba fugindo de controle, ameaçando residências.

Na sexta-feira (16) um incêndio destruiu o alojamento de trabalhadores no Bairro Parque Rodoviária, próximo ao Terminal Rodoviário da capital. Felizmente não havia ninguém no local na hora do sinistro.

Filhote de tatu bebe água em copo oferecido por bombeiro que fazia perícia em pasto incendiado em Mato Grosso — Foto: Corpo de Bombeiros de Mato Grosso/Divulgação
Bombeiro dá água de coco para tatu que sobreviveu a incêndio em área rural em Mato Grosso

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO