Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019

Malagueta

Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 16h:36

DETONOU

BOLSONARO É BURRO E GOVERNA COMO SE ESTIVESSE EM UM CHURRASCO, DIZ PONDÉ

Revista Exame

Reprodução

Luiz Felipe Pondé

Ao contrário dos filósofos e intelectuais que o presidente Jair Bolsonaro critica, Luiz Felipe Pondé sempre se colocou à direita no espectro ideológico. Defensor de bandeiras liberais, tanto na economia quanto nos costumes, o filósofo e escritor brasileiro era comumente criticado por seus pares por defender um Estado menor e a economia de mercado.

Para ele, o liberalismo “dentro de todas as políticas econômicas, é a que parece menos ruim”. O filósofo, no entanto, não está nem um pouco satisfeito com o governo de direita de Bolsonaro, que vem se afastando cada vez mais do perfil liberal que prometera durante as eleições. E parte da culpa dessa instabilidade, para o filósofo, é do seu companheiro de profissão, Olavo de Carvalho.

Não por acaso, Pondé acredita que Bolsonaro tem potencial de ser uma liderança nacional populista, aos mesmos moldes do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, e do vice-primeiro ministro italiano Mateo Salvini. Quer dizer, existe um obstáculo: para o filósofo, Bolsonaro é burro.

“Ele é burro. Pode escrever isso. Ele é burro, segue um intelectual paranoico e se deixa influenciar pelos filhos que não entendem nada de sociedade e de convívio democrático”, diz Pondé.

1 COMENTÁRIO:

Donde saiu esse estrume que chama nosso Presidente de burro. Será que ele quer Bolsonaro fazendo a mesma política do tomaládaca?
enviado por: Filósofo em 24/05/2019 às 07:19:16
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO