Caldeirão Político

Segunda-Feira, 07 de Outubro de 2019, 18h:36

Reforma proposta por Emanuel extingue Vice-prefeitura e tem viés eleitoral

Prefeito cria pasta sob medida para a esposa Márcia Pinheiro

Cícero Henrique

A reforma administrativa proposta pelo prefeito Emanuel Pinheiro é basicamente política e tem o claro objetivo de pavimentar a campanha à reeleição.

Para o vereador Abilio Junior, na prática, a prefeitura ecomizará apenas R$ 2 milhões/ano, recurso que cabia à Vice-Prefeitura, extinta para colocar na geladeira o vice-prefeito Niuan Ribeiro, potencial adversário em 2020.

Emanuel Pinheiro ainda mantém até 31 de dezembro a SEC 300 e a Secretaria de Obras Públicas. Cria a secretaria da Mulher para dar um cargo oficial para a esposa Márcia Pinheiro, que na prática já 'mandava' na Comunicação, na Saúde, na Ação Social e no gabinete de Governo.

Além disso, coloca o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, de escanteio e entrega a pasta da Secretaria de Obras, que será absorvida pela Limpurb, na medida para Vanderlúcio Rodrigues.

Conversas compartilhadas no Whatsapp na semana passada mostram mensagens de servidores da prefeitura surpresos com a extinção da Secretaria de Serviços Urbanos, preocupados com o destino do secretário Stopa e concluindo que a criação da Limpurb tem a finalidade de "colocar dinheiro na campanha".

Saiba mais: Reforma administrativa proposta por Emanuel Pinheiro visa "jogar dinheiro na reeleição", diz funcionário

Turismo
A proposta do prefeito também cria a secretaria de Turismo, que atualmente está viculada à Cultura, Esportes e Lazer.

 


Fonte: Caldeirão News

Visite o website: caldeiraonews.com.br