Caldeirão Político

Segunda-Feira, 06 de Maio de 2019, 17h:56

Cidinho Santos é condenado por esquema denunciado em 2006

A Operação Sanguessuga foi deflagrada em 2006 e revelou esquema de desvio de recursos públicos na compra de ambulâncias.

Cícero Henrique

O escândalo dos Sanguessugas ainda está rendendo condenações.

O ex-senador Cidinho Santos (PR) foi condenado a ressarcir R$ 94.618,08, que ainda deverão ser corrigidos monetariamente, e multado em R$ 47.309,04, referente à metade do valor do dano, que também deverão ser corrigidos. A decisão do juiz da 8ª Vara Federal de Cuiabá, Raphael Casella, data do dia 5 de abril e foi publicada hoje (06-05) no Diário de Justiça Eletrônico (DJe).

Também foram condenados os empresários Darci José Vedoim e Luiz Antônio Trevisan Vedoin, donos da empresa Planam Comércio e Representação LTDA.

A Operação Sanguessuga foi deflagrada em 2006 e revelou esquema de desvio de recursos públicos na compra de ambulâncias.

Cidinho Santos foi processado por ter comprado ambulância quando era prefeito de Nova Marilândia (253 km de Cuiabá) entre 2002 e 2004. Segundo a ação, em vez de realizar o procedimento licitatório, a Prefeitura fracionou o objeto, o que permitiu fazer a contratação por meio de Convite.

Segundo o juiz Rafael Casella, os empresários Darci José Vedoim e Luiz Antônio Trevisan Vedoin delataram, em acordo de delação premiada, o envolvimento do ex-prefeito Cidinho Santos, que já informou que vai recorrer da condenação no Tribunal Regional Federal.

 

 

 


Fonte: Caldeirão News

Visite o website: caldeiraonews.com.br