Quarta-Feira, 01 de Abril de 2020

União
Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 06h:57

PT

Moro quer enquadrar Lula na Lei de Segurança Nacional

Redação

Reprodução

Sérgio Moro e Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  (PT) é investigado a pedido do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, com base na Lei de Segurança Nacional. Segundo um técnico do ministério, trata-se de uma representação por crime contra a honra do presidente Jair Bolsonaro. Lula depôs em Brasília, na manhã desta quarta-feira (19), na sede da Polícia Federal.

O suposto crime ocorreu um dia após a libertação de Lul, em novembro do ano passado. Durante discurso no Sindicado dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo (SP), o ex-presidente afirmou que Bolsonaro “governa para milicianos”. Lula afirmou o seguinte: “Tem gente que fala que tem de derrubar o Bolsonaro. Tem gente que fala em impeachment. Veja, o cidadão foi eleito. Democraticamente, aceitamos o resultado da eleição. Esse cara tem um mandato de quatro anos. Mas ele foi eleito para governar para o povo brasileiro, e não para governar para os milicianos do Rio de Janeiro”.

No depoimento à Polícia Federal, Lula foi acompanhado pelos deputados federais Gleisi Hoffmann (PT-SC) e Paulo Pimenta (PT-RS).

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO