Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018

Executivo

Sábado, 16 de Abril de 2016, 16h:12

SAÚDE

MT aprova protocolo clínico para pacientes com diabetes

Lorrana Carvalho/SES-MT

Na última quinta-feira (14.04), técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES) aprovaram a publicação e implantação do Protocolo Clínico do Estado de Mato Grosso: condutas terapêuticas complementares na Diabetes Mellitus. O documento que será publicado ainda este mês visa cumprir com a integralidade do atendimento proposto pelo Sistema Único de Saúde (SUS), garantindo o acesso do paciente com diabetes ao tratamento farmacológico, assim como ao acompanhamento médico em uma unidade de referência.

O secretário adjunto de Serviços em Saúde, Werley Peres, comemorou a validação do protocolo, afirmando que a gestão estadual está comprometida com o resgate de alguns serviços que antigamente eram fornecidos pelo SUS. “Hoje demos mais um passo na conquista de uma saúde de qualidade para os usuários do SUS. Com o esforço de cada um e com a união de forças poderemos atender o nosso foco principal, que é o cidadão”, pontua Peres.

Publicado em 2004, o protocolo foi atualizado após revisão realizada pela Comissão Permanente de Farmácia e Terapêutica (CPFT), composta por técnicos de diversas áreas da SES. “Foi uma construção coletiva, da qual participaram técnicos, revisores, consultores e especialistas”, explica a presidente da Comissão, Kelli Nakata.

Ela destaca ainda que o tratamento farmacológico proposto no protocolo é de iniciativa e financiamento exclusivamente estadual. Além disso, o protocolo traz outras vantagens e valores como a oferta do tratamento de terceira linha para o paciente com diabetes e o retardo da insulinização no paciente diabético tipo 2.

Outro serviço garantido pelo protocolo clínico é a reativação do departamento para tratamento das pessoas com diabetes mellitus, no Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidade (Cermac). Fato que agrega qualidade e multiprofissionalização ao atendimento.

“Apesar de o departamento ter sido suspenso na gestão anterior, o Cermac continua atendendo os pacientes diabéticos com uma equipe multidisciplinar e com a reativação do setor poderemos atender a um número maior de usuários”, afirma a diretora, Marly Shiroma, destacando que além do atendimento médico o Cermac também faz, em sua sapataria, a adaptação de sapato para pacientes com pé diabético.

Para a presidente da Associação dos Diabéticos em Mato Grosso, Rita Borges, a atualização do protocolo concretiza um objetivo que a Associação luta há tempos para conseguir, que é a garantia do tratamento aos pacientes. “O trabalho realizado pela Comissão foi brilhante, ressaltado pelo cuidado que a equipe teve em buscar as melhores evidências científicas mundiais. A publicação do protocolo vem somar no tratamento ofertado, a partir do momento que a instituição dele dará subsidio para que os profissionais encontrem dentro do protocolo um tratamento possível para seu paciente”, destaca.

Também participaram da reunião membros da Comissão Permanente de Farmácia e Terapêutica, técnicos do Cermac, da Superintendência de Assistência Farmacêutica e da coordenadoria de Aquisições da SES.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO