Sábado, 07 de Dezembro de 2019

Economia
Terça-Feira, 26 de Novembro de 2019, 17h:50

DIA TENSO

Dólar bate novo recorde,mesmo com intervenção do Banco Central

Dólar acumula alta de 5,75% em novembro

Wellton Máximo

Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Em mais um dia de turbulências no mercado financeiro, com intervenções do Banco Central (BC), a moeda norte-americana voltou a repetir o recorde na cotação. O dólar comercial encerrou esta terça-feira (26) vendido a R$ 4,239, com alta de R$ 0,025 (0,59%). Essa é a maior cotação de fechamento desde a criação do real em valores nominais, sem considerar a inflação.

O mercado de câmbio teve um dia tenso. Durante o dia, o dólar encostou em R$ 4,28, o que levou o BC a fazer dois leilões de venda direta de dólares das reservas internacionais. A autoridade monetária não divulgou o quanto foi vendido, apenas que cada leilão envolvia a venda de pelo menos US$ 1 bilhão.

Com o resultado de hoje, o dólar acumula alta de 5,75% em novembro. Nas últimas semanas, o dólar tem subido em meio a tensões políticas no Brasil e a continuidade das tensões comerciais entre Estados Unidos e China.

Ibovespa
No mercado de ações, o dia foi marcado por perdas. O índice Ibovespa, da B3, fechou esta terça-feira (26) aos 107.169 pontos, com queda de 1,16%. O indicador caiu pelo segundo dia consecutivo.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO