Terça-Feira, 17 de Outubro de 2017

Sexta é dia de artesanato na Orla do Porto | Caldeirão News
Acontece
Sexta-Feira, 22 de Setembro de 2017, 17h:19

CUIABÁ

Sexta é dia de artesanato na Orla do Porto

Artesãos expõem habilidades na Orla do Porto em Cuiabá

Redação

Gcom/MT

O espaço destinado ao artesanato mato-grossense, na Orla do Porto, apresenta novidades a partir desta sexta-feira (22.09). Além de produtos confeccionados pelos mais de 40 artesãos que estarão reunidos a partir das 17h no local, haverá a participação de dois artesãos manuseando suas habilidades ali mesmo, para todo mundo observar. Um com a montagem de vasos em miniaturas para jardins e outro com desenhos de caricaturas japonesas. A Feira do Artesanato na Orla do Porto ficará aberta até as 22h.

“É a primeira vez que estarei na Orla do Porto, embora já estive duas vezes expondo no ‘Vem Pra Arena’. Estou na expectativa, mas as plantinhas costumam agradar os olhares da clientela”, disse a artesã Sônia Ranzeti, que está no ramo há 8 meses.

Apaixonada por rosas do deserto, Sônia monta vasinhos de cactos e suculentas. A atividade teve início meio que por acidente, depois de duas tentativas plantando sementes de rosas do deserto para sua casa, sem intenção de comercializar. “Não nasceu nenhuma semente e eu tinha comprado diversos vasos. Aí comecei a pesquisar outras plantas para ocupar os vasos. E as pessoas começaram a me pedir e assim foi acontecendo”, explicou.

Além de expor em feiras, interessados em presentear a procuram em casa. E, segundo ela, não vai demorar muito para agregar as rosas do deserto nesse plantio, algumas mudinhas já estão sendo preparadas.

O caso Temer Souza, que faz caricaturas de desenho japonês é um pouco diferente. No mercado há quase três décadas (27 anos), ele produz revistas em quadrinhos e faz as ilustrações, mais especificamente retratando a cultura japonesa. Apesar da experiência no mercado, onde tem uma escola de desenho básico japonês, enfrenta a resistência do público.

“O público não aceita muito, não valoriza muito essa questão das histórias em quadrinhos, seja ela regional ou de outras culturas. Digo que ainda é fraco nesse sentido, mas sou autodidata, aprendi observando, é uma paixão”, explicou o produtor.

Em relação à expectativa de estar também participando pela primeira vez na Orla do Porto, Temer mantém a cautela.  “Tudo será observado amanhã. Posso adiantar que esse espaço, em Cuiabá, é muito bom. É preciso aproveitar mais, divulgar mais, dizer que ali está o artesanato e o artesão de Mato Grosso. Valorizar mais, como acontece na Orla do Rio de Janeiro”, frisou.

De acordo com o presidente da Associação da Orla do Porto de Cuiabá, André Toledo, o objetivo é promover o espaço de modo que se torne reconhecido na sociedade. “Vamos trabalhar a divulgação, agregar mais artesãos, potencializar o local”, afirmou Toledo.

Potencial

Para completar a Feira do Artesanato na Orla do Porto, nesta sexta-feira (22.09), tem uma variedade de produtos regionais que vão desde uma lembrancinha a utilidades domésticas em patchwork, tapetes, doces, sabonetes, chinelos, decorações em madeira, marchetarias, brinquedos pedagógicos, bonecas de pano, arcos, tiaras.

Enfim, tem de tudo, num espaço que além de retratar parte da história de Cuiabá, os casarões antigos, torna-se ainda mais atrativo com as peças de artesanato.

Lembrando que o foco é tornar o local em uma vitrine do artesanato mato-grossense. Nesse sentido, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), por meio da Coordenadoria do Artesanato Mato-grossense, faz o trabalho de curadoria, de fiscalização da exposição na Orla do Porto, onde somente os próprios artesãos são responsáveis pela comercialização do seu produto.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO