Terça-Feira, 22 de Maio de 2018

Cidades
Quinta-Feira, 08 de Março de 2018, 16h:34

FESTIVAL DE FLORES

Suculentas são destaque no Festival de Flores em Cuiabá

A estrela da vez são as suculentas que estão em alta no mercado atual.

Redação

Luiz Alves/Sicom

A partir desta quinta-feira (08), moradores e turistas poderão apreciar mais uma edição do festival de flores na Praça Cultural do Bairro Pedra 90 e no Shopping Orla no Porto. O evento encerra no domingo (11) e desta vez o destaque será para a variedade suculentas (foto).

A Prefeitura de Cuiabá por meio das parcerias com as Secretarias de Cultura, Esporte e Turismo com a de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico vem organizando para auxiliar o trabalhador a transformar seus pequenos negócios em produtos lucrativos. Seja ele artesanato, hortaliças ou flores.

Por acreditar no potencial desses segmentos, as pastas têm acompanhado e incentivado a formalização do produtor que queira se tornar um micro empreendedor individual através de trabalhos baseados na construção do talento dos empreendedores. E é nessa confiança que o Sérgio Gomes de Freitas permanece realizando seus festivais de flores pelos bairros da Capital trazendo para cada evento que realiza novidades em flores e plantas.

“Venho acompanhando o trabalho do Sérgio desde o inicio e logo vi seu potencial e a seriedade como ele conduz o seu trabalho. Sempre em busca de inovar com seus produtos e ainda garantir a qualidade no manejo das plantas para seus clientes. Ele é um dos exemplos que temos aqui de alguém que persistiu com seu negócio e hoje acompanhamos sua evolução”, ressalta Vinicius Hugueney, secretario de Agricultura,

“Quando ele nos procurou solicitando a Praça Cultural do Pedra 90 para realização do seu evento ficamos muito satisfeitos de saber que a população daquela região seria comtemplada com seu talento e com a beleza de suas flores. Iniciativas como esta sempre terá nosso apoio”, completa Francisco Vuolo, secretário de Cultura, Esporte e Turismo.

A estrela da vez são as suculentas que estão em alta no mercado atual. Elas são plantas menores e que não tem necessidade de muita água. Elas precisam apenas de regas esporádicas e um pouco de sol. Podem ser plantadas sozinhas em pequenos vasos ou com outras variedades, formando um composée. Elas são típicas do continente africano, mas podem ser facilmente encontradas também aqui no Brasil.

“Os dois lugares são emblemáticos para nós. Lá no Porto, 90% dos clientes que temos atingido são turistas que se impressionam com a qualidade das nossas flores. E é essa mesma qualidade que estamos levando para o Pedra 90, para que o público de lá, possa consumir nossos produtos e embelezar as suas casas. E as suculentas são plantas que já viemos pesquisando e descobrimos que ela, como a rosa do deserto, se adapta certinho ao nosso clima”, esclarece Sérgio Gomes, produtor do evento.

Ele completa dizendo que por lá, o público a vai encontrar além das suculentas, hibiscos, rosas do deserto, orquídeas, rosa menina, substratos, vasos com preços promocionais ao Dia da Mulher.

Sobre as suculentas

Uma curiosidade entre a espécie é que todo cacto pode ser uma suculenta, mas nem toda suculenta pode ser um cacto. E que nem tudo que tem espinhos são cactos. Existem algumas características destas plantas que são bem distintas. As suculentas são um grupo de plantas e os cactos são de uma família do grupo das suculentas (Cactaceae). Por essa razão, existe o conceito de que “todo cacto é uma suculenta, mas nem toda suculenta é um cacto”.

Só para ter uma ideia, existem cerca de 22 mil espécies de suculentas, sendo 2 mil só de cactos variando o tamanho de dois centímetros, como a Planta-pedra, até plantas com um metro e meio de altura, como o Aloé-arbóreo. Elas podem ser de diferentes famílias de plantas e algumas podem ter lindas flores como, por exemplo, a Folha-da-fortuna e a Agave-dragão. Algumas delas também contêm espinhos, como o Paquipódio e a Coroa-de-cristo.

Os cactos são uma das espécies preferidas de quem gosta de cultivar versões miniatura para decorar ambientes. Não possuem folhas, e somente algumas dão flores quando adultos, geralmente uma vez por ano, na mesma época. A planta possui uma estrutura que permanece fechada sob sol forte, e sua pele é bem espessa e revestida, tudo para perder o mínimo de líquido possível. A grande maioria tem espinhos, alguns agudos e longos, outros são também cobertos de pelos. Os espinhos dos cactos servem de proteção contra animais, promovem sombra do sol intenso e impedem a circulação de ar pela epiderme da planta evitando a perda de água.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO