Sábado, 15 de Agosto de 2020

Cidades
Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 08h:50

CASO EMANUELE

Homem que confessou ter matado menina de 8 anos é encontrado morto na cela

As circunstâncias da morte serão investigadas pela polícia.

Redação com Agências

Reprodução/TV TEM

O lavrador Agnaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, que confessou ter matado por vingança a menina Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, foi encontrado morto na cela na madrugada desta quarta-feira (15). Ele estava preso no Centro de Detenção Provisória (CPD) de Cerqueira César (304 Km de São Paulo). As informações são do portal G1.

Segundo o boletim de ocorrência, a morte foi descoberta durante a contagem de presos, quando um funcionário viu o corpo enrolado em um lençol. As circunstâncias da morte serão investigadas pela polícia.

Confissão
Agnaldo confessou ter esfaqueado Emanuele por vingança. Segundo a Polícia Civil, ele atraiu a menina chamando-a para colher mangas para presentear sua mãe. Câmeras registraram a menina caminhando sozinha, seguida pelo lavrador. Segundo a confissão, ele quis se vingar da mãe da menina por que ela permitia que ela brincasse com seu enteado.

Amenina desapareceu na sexta-feira (10) e o corpo foi localizado na noite de segunda-feira (13) em uma área rural.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO