Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020

Cidades
Terça-Feira, 15 de Setembro de 2020, 09h:57

MATO GROSSO EM CHAMAS

Fazenda em Livramento é dizimada pelo fogo

Jô Navarro

Arquivo pessoal

Além das áreas de preservação no Pantanal, em Mato Grosso, incêndios estão destruindo fazendas de gado e plantações. No último final de semana uma fazenda inteira localizada no município de Nossa Senhora do Livramento foi dizimada pelo fogo, matando o gado e animais silvestres.

As imagens desoladoras são compartilhadas nas redes sociais e revelam a gravidade das queimadas e incêndios florestais em Mato Grosso.

Segundo o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo), 2,3 milhões de hectares foram atingidos por queimadas no Pantanal.

No último final de semana, as chamas atingiram a entrada de Chapada dos Guimarães e a mata situada entre Nobres e Ribas do Rio Pardo.

Ainda não há previsão de chuva e o vento forte, aliado ao clima seco e quente, com temperatura acima dos 40ºC dificultam o trabalho de brigadistas e bombeiros.

 Na segunda-feira (14) o governador Mauro Mendes decretou estado de calamidade pública devidos aos incêndios florestais. A medida permitirá, segundo o governador, dobrar a estrutura para a prevenção, combate e autuação dos incêndios florestais em Mato Grosso, especialmente na região pantaneira.

Em Cáceres, a prefeitura aletou proprietários de embarcações que as mantém na Baía dos Malheiros, ou Baía de Daveron, cujas águas se fundem às do Rio Paraguai. Segundo a prefeitura, há o risco da baia secar nesta semana, bloqueando a ligação com o Rio Paraguai e deixando encalhados os barcos que não tiverem deixado o local. 

Também em Cáceres, as chamas destruíram, na sexta-feira (11), um prédio desativado do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), e mataram, na quarta-feira (9), o zootecnista Luciano da Silva Beijo, 36 anos.


baia de cáceres.jpg

Prefeitura de Cáceres

Escadaria da Dolina queimada

Escadaria e vegetação no entorno da Dolina Água Milagrosa  foram destruídas pelas chamas no município de Cáceres (MT)

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO