Quinta-Feira, 26 de Abril de 2018

Brasil

Sexta-Feira, 23 de Setembro de 2016, 07h:12

OPERAÇÃO ACRÔNIMO

PF deflagra nova fase da operação Acrônimo e se aproxima de Pimentel

Redação


A Polícia Federal está novamente nas ruas nesta sexta-feira, 23. Foi deflagrada uma nova fase da Operação Acrônimo.

O secretário de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais de Minas, Marco Antônio de Rezende Teixeira, é um dos alvos desta fase da operação. Ele é alvo de um mandado de condução coercitiva – em que a pessoa é levada para prestar depoimento.Ele é considerado o braço direito do atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT)

Também há mandado de condução coercitiva para Paulo Moura Ramos, atual presidente da Prodemge e sócio de Teixeira. Ainda não há informações sobre quantos mandados serão cumpridos e se há alguma prisão prevista.

A Operação Acrônimo investiga um esquema de lavagem de dinheiro em campanhas eleitorais e recebimento de vantagens indevidas por parte de agentes públicos. Nesta manhã, a polícia realizou buscas no escritório da OAS, em Brasília. Segundo a Globo News, a empresa OPR também é alvo desta fase.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO