Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019

Brasil

Quinta-Feira, 03 de Outubro de 2019, 11h:32

OPERAÇÃO ESTRELA CADENTE

PF apura vazamento de informações privilegiadas do Copom para BTG

Redação

Reprodução

A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal, deflagrou nesta quinta-feira (3/10) a Operação Estrela Cadente, com o objetivo de investigar vazamentos de resultados de reuniões do COPOM, ocorridos nos anos de 2010, 2011 e 2012, inseridos em contexto de obtenção de vantagens ilícitas mútuas entre banqueiro e agentes públicos do alto escalão do governo federal da época.

Está sendo cumprido um mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça Federal de São Paulo, na sede do banco BTG Pactual em São Paulo.

A investigação, instaurada a partir de colaboração premiada de um dos investigados, apura o fornecimento de informações sigilosas sobre alterações na taxa de juros SELIC, por parte da cúpula de órgãos públicos, em favor de um fundo de investimento administrado pelo BTG, que, com elas, teria obtido lucros extraordinários de dezenas de milhões de reais.

É investigada a possível prática, entre outros, dos crimes de corrupção passiva e corrupção ativa, informação privilegiada, bem como lavagem e ocultação de ativos.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO